Para além do Lattes: identificador digital serve como RG e currículo de pesquisadores

id digital montagem pixabay

Fapesp adotou o ORCiD para submissão de propostas; simples e prático, registro integra bases de dados e sistemas identificadores, além de validar informações em nível mundial

Teses reprovadas, formações falsas em universidades de renome, doutorados que nunca foram defendidos. Estes foram alguns dos escândalos envolvendo desde governadores até ministros da Educação que passaram pelo comando do Brasil. A valorização da atividade científica perante a sociedade se encontra diante de dilemas éticos: quem valida as informações inseridas pelo pesquisador nas bases de dados? A situação também pode prejudicar acadêmicos em casos de ambiguidade, semelhanças e nomes idênticos. Saiba mais

 

 

Artigos Relacionados - Notícias

30 Out 2019 15:23

Boas práticas em publicação científica na pesquisa em Saúde Pública.

Notícias
21 Nov 2023 15:39

A liberdade de cátedra é um direito constitucional que assegura a liberdade de aprender, [ ... ]

Notícias

© 2013 - 2024. Universidade Federal de São Paulo - Unifesp

Campus São Paulo - Rua Botucatu, 740 - 4º andar - sala 02 - Vila Clementino, São Paulo - SP - ppg.saudecoletiva@unifesp.br

Faceboonk Instagram Youtube

Please publish modules in offcanvas position.